Espécies > Tatu > Tatuí: Dasypus septemcinctus

Tatuí: Dasypus septemcinctus

Tatuí (Dasypus septemcinctus Linnaeus, 1758)

Ordem: Cingulata Família: Dasypodidae Nome científico: Dasypus septemcinctus

Nomes populares:

- Inglês: seven-banded armadillo

- Espanhol: mulita chica

- Português: tatu-mulita

Distribuição:Sua distribuição original abrange a Bacia do Baixo Amazonas no Brasil até o Gran Chaco da Bolívia, Paraguai e norte da Argentina, sendo nesse último ainda uma incerteza.

Hábitat: Habita áreas abertas de pastagem, mas também podem viver em matas de galeria. Pode ser encontrado também em áreas degradadas e matas secundárias.

Biologia e ecologia: A fêmea dá à luz de 7 a 9 filhotes e toda a prole é do mesmo sexo, proveniente de um único óvulo fertilizado, através da poliembrionia. São animais solitários, exceto na época de acasalamento e da mãe com os filhotes. Possui hábito crepuscular-noturno, podendo ser encontrado ativo durante o dia também.

Dieta: Alimenta-se principalmente de insetos, artrópodes, brotos, frutos e raízes.

Ameaças: Não há conhecimento sobre as grandes ameaças para a espécie, mas em alguns locais, a espécie está ameaçada pela degradação de habitat e caça predatória.

Status de conservação: Pela IUCN, a espécie é listada como LC (Pouco Preocupante), por sua ampla distribuição e grande população. No Brasil, a espécie não consta no Livro Vermelho da Fauna Brasileira Ameaçada de Extinção.

Curiosidade: Pode expandir tocas escavadas por outras espécies de tatus.



MEIOS DE CONTATO

Quer falar com a gente?

Entre em contato para
dúvidas, sugestões, comentários.

Telefone:

(086) 3323-8163

Email:

contato@tamandua.org

Desenvolvido por: Emprimeiro Informática. Todos os direitos resenvados